Adestramento e Agility

É sempre prazeroso ter um cão obediente e bem treinado. Para isso temos que inicialmente salientar que os cães são animais que vivem em matilha. E toda matilha possui um único líder.Daí ser extremamente importante mostrar a seu cãozinho,desde os primeiros meses de vida, que é você quem manda e por conseqüência ele deve obedecer as suas ordens.

 

Isso porque o YORKSHIRE é um cãozinho que em geral apresenta um temperamento dominante e teimoso.

 

É muito comum o proprietário não perceber a dominância no animal, já que sua aparência frágil e carinhosa acaba escondendo seu verdadeiro comportamento.

 

Na verdade o YORKSHIRE  costuma testar seu dono,sem que este perceba e consegue descobrir seus pontos fracos.

 

Desse modo através do adestramento de obediência ,seu cãozinho aprenderá quem manda na “matilha” e acabará entendendo que deve obediência a seu dono.

 

Se você dispensar de 10 a 15 minutos de seu dia, tendo uma boa dose de paciência e seguir algumas regras sobre as quais discorreremos, com certeza terás um cãozinho bem comportado, educado, que não late à toa, que vai te obedecer,bastando um simples comando.

  

1 – Inicialmente deves adquirir uma coleira (peitoral) e guia. A coleira deve ser colocada a partir da 12 semana de vida, para que o filhotinho comece a se habituar com ela.Sempre que o filhote for levado a passear na rua, e isso só pode ocorrer após tomar a terceira dose da vacina, deve ser mantido na guia.

 

2 – O treinamento a partir da citada idade deve ser feito em sessões curtas e diárias e isso porque a atenção e a memória de seu cãozinho são limitadas.

 

3 – A atenção do cãozinho deve ser despertada. Para isso deves encorajá-lo a olhar nos seus olhos, chamando-o pelo nome e segurando um petisco, próximo a seu focinho.Quando ele olhar nos seus olhos, ofereça-lhe o petisco.

 

4 – Na verdade os cães aprendem associando causa e efeito. Assim quando o cãozinho obedecer a seu comando, deve imediatamente receber um carinho. No entanto, se ele desobedecer, deve ser repreendido rapidamente, ou seja, no ato. 

 

5 – O comando deve ser firme e não pode ser dado através de frases longas.

 
 

Principais Comandos

 

NÃO  - Esse é o primeiro comando  que se ensina a qualquer cãozinho. Ao chegar em sua casa, o filhotinho tem que começar a aprender que o NÃO significa algo proibido, ao qual ele não pode desobedecer.

 

BUSCA   -  Sente-se no chão com um brinquedo que chame a atenção de seu cãozinho. Em seguida atire esse brinquedo à curta distância e diga “ BUSCA “ encorajando o filhote a ir buscá-lo. Se ele obedecer, utilize a guia  para trazê-lo de volta e dê-lhe carinho.Pratique esse comando por cinco minutos,uma ou duas vezes por dia.

 

SENTA  -  Depois que seu cãozinho aprender o comando de BUSCA ensine a ele o comando de SENTA. De a ele o comando de BUSCA, jogando o brinquedo. Quando ele retornar com dito objeto, coloque sua mão esquerda sobre sua garupa, empurrando-o levemente para baixo e ao mesmo tempo puxe a guia para cima e para trás e diga em tom de comando  SENTA. Esse comando deve ser praticado por dez minutos,uma ou duas vezes ao dia pelos próximos quatro dias,salientando-se que o pequeno cachorrinho deve ser agradado sempre que obedecer ao comando.

 

DEITA  -  Este comando faz parte do  senta. Depois  que o cãozinho estiver sentado, puxe para frente suas patas de forma alternada e delicada.

 

AQUI  -  Depois que seu cãozinho  aprender o comando SENTA, diga o nome dele e o comando  AQUI e de forma delicada,gentil, puxe-o pela guia. Nesse momento deve ser agradado.Vir ao encontro do dono deve sempre ser um ato de prazer.

 

FICA  -  Quando o filhote atingir doze semanas de vida, este comando deve ser introduzido no seu treinamento diário. Para isso o dono deve sentar-se   ao lado do cão.Em seguida diga o comando FICA  e caminhe lentamente ao seu redor.Encare-o,ficando por alguns segundos nesta posição e depois retorne para

seu lado. Na seqüência dê-lhe carinho.Se ele se mover durante o exercício, repita.esse comando deve ser exercitado em local calmo. Tal comando assegura a permanência  do filhote em determinado lugar,enquanto seu dono desejar.

 

JUNTO  -  Com doze semanas seu filhote deve estar pronto  a andar na guia ao seu lado de modo controlado. Na verdade o objetivo deste exercício é ensiná-lo a andar tranquilamente ao seu lado, sem puxar ou esticar a guia. Dê o comando  JUNTO  e comece a andar para frente.Controle-o através de puxões pela guia. 

 

 Cabe destacar que agradar o cão com carinhos depois do acerto é o prêmio mais recompensador.

Existem outros comandos,mas selecionamos apenas os que achamos mais importantes a esse nobre raça, que é o YORKSHIRE.

 

De todo modo se você preferir adestrar seu cãozinho através de treinador deve escolher este  por indicação de um Clube Cinófilo ou de seu Veterinário.

Concomitantemente ao escolher o profissional, procure certificar-se de seu modo de ensino.Um bom adestrador não se utiliza de “ INSTRUMENTOS DE TORTURA” tais como, coleiras de espinhos, e choques elétricos, entre outros, para se impor ao animal.O treinamento correto deve induzir o cão a obedecer com alegria e confiança e não por estar sob pressão, ou seja medo de castigo que se traduz em postura cabisbaixa, encolhimento  e rabo entre as pernas.

E desse modo escolhido um bom treinador, o dono deve acompanhar seu cãozinho durante o adestramento, como também deve escolher o que seu cão deve aprender, descartando tudo o que não lhe interessa.

Existem dois tipos de adestramento, o de obediência e o de defesa, também conhecido como ataque e defesa. No que tange ao YORKSHIRE o adestramento utilizado é o de obediência.

Cabe destacar ainda que para iniciar um bom relacionamento com o cão, jamais diga o nome dele seguido por uma bronca, pois ele associará seu nome a algo ruim, de que ele não gosta.

O animal aprende por repetição e recompensa. Assim as lições de obediência  que tenha tido com o treinador deverão ser repetidas em casa, pelo dono.Mas, se proprietário deixar o cão dar a palavra final é o suficiente para que ele entenda que você é mais fraco e ele mais forte e por conseqüência tentará disputar a dominância novamente com você, seu dono.

 
 

O Agility

 

Cabe inicialmente informar que o AGILITY nasceu na Inglaterra em 1978 como forma de diversão ao público que visitava e assistia o CRUFTS DOG SHOW.
 

 

Na verdade ele consiste em fazer o cão percorrer um circuito de obstáculos no menor tempo possível e com o menor número de erros.O condutor não pode encostar no cão como também não pode ter nada em sua mão.De seu lado, o cão não pode estar preso à guia nem usar qualquer tipo de colar. Se as regras não forem atendidas, a dupla condutor/cão  será desclassificada.

 

 

O percurso da prova será determinado momentos antes de sua realização, pelo Juiz. Portanto até esse momento, o percurso não será conhecido pela dupla condutor/cão.

 

O Agility é prova de habilidade e não de velocidade. E assim, as faltas nos obstáculos são mais importantes do que as faltas de tempo.

 

 

Pode-se entender o AGILITY como um esporte para todos podendo ser praticado por qualquer cão,não importando o tamanho, a raça e se possui ou não Pedigree.

 

Entre os obstáculos do Agility podemos citar: os saltos, viadutos, mesa, passarela, gangorra, rampa A,túnel aberto, túnel fechado,pneu e salto em distância, entre outros.

 

 

Os petiscos e brinquedos são muito usados para o incentivo do cão durante o percurso, podendo ser utilizado durante as provas.

O Agility na verdade  é um esporte que deve ser incentivado, sendo um grande  exercício para o cãozinho e seu dono, e além de contribuir para que este fique em forma, o ajuda a fazer novos amigos, agindo com certeza como uma terapia anti-stress.

Finalmente cabe salientar que para saber mais sobre o Agility sugerimos que você navegue pelo excelente site: www.agilitynews.com.br.